quarta-feira, 17 de novembro de 2010

AMEO

Boa Tarde Meninas...
Eu, a Fê e a Rê (minhas amigas da Faculdade) estávamos conversando estes dias atrás, sobre doar sangue, e acabamos chegando no assunto da medula óssea!
Existe um amigo do meu chefe que precisa desta doação, mas é muito difícil de encontrar um doador compatível, e muitas pessoas morrem pois poucas sabem deste exame, na verdade, só doa quem tem interesse mesmo, pois até o acesso para doação é difícil!
O site da AMEO é este aqui: http://www.ameo.org.br
Lá vocês vão encontrar detalhes sobre este exame.
 
Mas olha que interessante e PREOCUPANTE:
 
"Para a realização de um transplante de medula óssea é necessário que a compatibilidade entre o doador e receptor seja 100%. A chance de encontrar uma medula compatível no registro brasileiro é em média 1 em 100.000!
Mais de 60% dos pacientes não possuem doadores na família e quando não há um doador aparentado a solução para o transplante é fazer a busca deste doador compatível entre os grupos étnicos representados na população (brancos/caucasianos, mulatos, cafuzos, índios, negros, orientais) cadastrada no banco de doadores de medula óssea. As chances de acharmos  um doador não aparentado dependem do grau de miscigenação dos indivíduos na população.
Portanto, quanto maior o número de representantes brasileiros cadastrados no banco, maiores serão as chances dos pacientes que aguardam seus doadores compatíveis!"
 
Viu como é difícil?
Imagina se vc por SORTE for escolhido por DEUS para salvar uma vida?
 
Fica a dica!
 
Beijos!
Só passei pra deixar esta mensagem de solidariedade mesmo!

2 comentários:

Maura e Gui disse...

Bela iniciativa Ka, eu faço parte do cadastro nacional, mas mesmo assim sei que a compatibilidade é bem difícil, já viu que geralmente os doadores são de fora do País? Mesmo assim vale a tentativa... vai que Deus aponta o dedinho pra gente e possamos ajudar né?? Bela dica!! Bjos

Ministério disse...

Olá, blogueiro (a),
Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.
Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.
Acesse www.doevida.com.br e saiba mais.
Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
Atenciosamente,
Ministério da Saúde
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude